Artigos

Comentários
Assinar FeedAssinar Feed

A Desejos e Fantasias de Casal indica:

BUTIQUE BELLA - A melhor SEXSHOP do Brasil ...

Swing - Troca de Casais

Tudo o que você sempre quis saber sobre o assunto Swing - Troca de Casais vai encontrar aqui no Desejos e Fantasias de Casal

Ménage Masculino ou Feminino?

Tudo o que você sempre quis saber sobre o assunto Ménage, seja masculino ou feminino, vai encontrar aqui no Desejos e Fantasias de Casal

Sexo Oral... elas caindo de boca...

As melhores fotos e matérias sobre SEXO ORAL você vai encontrar aqui...

Conheça nossos Desejos e Fantasias...

As mais sensuais, sexy, eróticas imagens revelando nossas Fantasias e Desejos...

Desvende os segredos do SEXO ANAL...

Saiba tudo sobre o SEXO ANAL... e desfrute dessa delícia...

Fantasia de 11 entre 10 homens...

Bi Feminino... as matérias e fotos mais sexy da web...

A Desejos e Fantasias de Casal indica:

BUTIQUE BELLA - A melhor SEXSHOP do Brasil ...

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Top 10 fantasias sexuais dos brasileiros

Qual a sua fantasia ideal?

fantasias sexuais - Desejos e Fantasias de Casal


As fantasias sexuais permitem que a mulher viva um personagem, enquanto o homem sente que está fazendo sexo com uma pessoa diferente

Entre quatro paredes vale tudo, especialmente para os que são livres de preconceitos e adoram investir em novidades para movimentar a vida sexual. E a despeito das mil e uma novidades que o mercado erótico apresenta, as fantasias mais procuradas parecem não mudar muito ao longo dos anos.


fantasias sexuais - Desejos e Fantasias de Casal

Paula Aguiar, presidente da ABEME (Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual), elencou as dez fantasias mais procuradas pelos brasileiros - aquelas que não podem faltar em uma boa sex shop.

Colegial, enfermeira e empregada doméstica lideram a lista há muitos anos, segundo observa Nivanda Dias, vendedora da Pleasure Dreams, que atua há 20 anos na área . Ela acredita que as mulheres estão cada vez mais "sem-vergonha" quando o assunto é ousar com o parceiro. "Com a correria em que vivemos, fantasiar na cama é uma necessidade, senão, a mulher acaba perdendo o desejo. O sexo não pode ser 'fast-food', tem que ser prazeroso", ressalta.

Nivanda avalia que 80% do público que consome produtos eróticos é composto por mulheres, 15% de homens e 5% de LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis). "A fantasia apimenta a relação, porque a mulher entra em um personagem e se solta mais. O homem, por sua vez, tem a sensação que está fazendo sexo com outra pessoa", observa.

fantasia sexual - Desejos e Fantasias de Casal


Na hora de escolher a roupa mais adequada, no entanto, não basta vontade - é preciso bom senso, segundo Paula. "A mulher tem que compreender o que o companheiro gosta mas também usar coisas que valorizem o corpo dela e que tenham algo a ver com a sua personalidade, senão acaba ficando ridículo


Colegial: na opinião de Paula Aguiar, presidente da ABEME (Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual), a fantasia de colegial tem a ver com o fetiche da mulher mais nova. É aquela coisa 'Lolita'", afirma. Ela observa que, comprovando o fato, quem mais procura este tipo de fantasia são os casais mais velhos. "Tem a ver com querer recuperar a pureza da relação, a ingenuidade, a timidez do primeiro encontro", conclui

fantasia sexual - Desejos e Fantasias de Casal


Enfermeira: Paula acredita que esta fantasia é muito procurada por homens que visualizam a mulher no papel de cuidadora. "O grande fetiche dos homens é ser cuidado, mimado pela mulher. A enfermeira simboliza isso, e ele vai ser cuidado sexualmente pela mulher", enfatiza




Empregada doméstica: a "empregadinha" é a personificação do poder do homem, acredita Paula. "Ele manda, ela faz. Essa fantasia indica que a mulher está a serviço do homem", pontua

fantasia sexual - Desejos e Fantasias de Casal


Policial: quando a mulher se veste de policial, a brincadeira geralmente tem a ver com o fetiche do que é proibido. "Ele fez coisas erradas e agora está à mercê dessa mulher. Ele é o prisioneiro, deve obedecê-la", reforça a especialista

fantasia sexual - Desejos e Fantasias de Casal


Ninja: "a ninja não fala, ela só age", dispara Paula. Cheia de mistérios, a ninja exige que a mulher encarne a personagem para ser mais realista. Paula, que já testou essa fantasia, disse que o que cerca a roupa também faz parte do momento - o sapato, a depilação e a atitude. "Eu pesquisei como era o comportamento de uma ninja para colocá-la em prática. Fiz sexo com ele sem dizer uma só palavra", conta, referindo-se a sua própria experiência


fantasia sexual - Desejos e Fantasias de Casal

Bombeira: segundo Paula, a fantasia de bombeira exige criatividade na hora de brincar com as palavras. "É uma fantasia maliciosa, bastante picante. Tem a ver com a coisa de 'apagar o fogo' do parceiro", explica




Sete véus: Paula observa que essa fantasia tem muito mais a ver com o imaginário feminino do que com o masculino. "Tem o mistério da dança e de tirar as peças de roupas, as mulheres gostam muito"




Noiva: de acordo com a especialista, a fantasia de noiva está ligada ao fetiche da virgindade. "No mercado, existem até mesmo produtos que comprimem o canal vaginal para que o homem tenha essa sensação de que a mulher voltou a ser virgem"

fantasia sexual - Desejos e Fantasias de Casal



Executiva: a roupa de executiva remete a um poder econômico da mulher. "Com essa fantasia, a mulher deve se sentir poderosa, mandando na situação", explica

fantasia sexual - Desejos e Fantasias de Casal


Prostituta: a ideia de se vestir de garota de programa para seduzir o marido também é muito disseminada entre as mulheres, de acordo com Paula. "Esse tipo de fantasia vai bem com produtos excitantes, como vibradores, chicotinhos e lingeries provocantes"

fantasia sexual - Desejos e Fantasias de Casal


fantasia sexual - Desejos e Fantasias de Casal





fantasia sexual - Desejos e Fantasias de Casal



domingo, 29 de abril de 2012

Aposte em 10 dicas para esquentar o sexo


Vamos botar fogo na sua vida sexual...



Você provavelmente já viu cenas de sexo pra lá de calientes em novelas. Aí você olha e morre de inveja pensando que sua vida sexual anda bem monótona. Sair da rotina é uma ótima maneira de esquentar a relação. Veja 10 dicas a seguir para esquentar o clima com seu companheiro.


Olhos vendados - Pegue a gravata dele e vende os olhos do seu companheiro. Leve-o a um lugar da casa onde vocês vão começar a namorar. O fato de você demonstrar controle total sobre ele vai deixá-lo mais excitado ainda. Além disso, o clima vai pegar mais fogo com ele não sabendo o que vai acontecer.



Brincadeira - Faça uma brincadeira em que você o chama de senhor. Ele também deve chamá-la de senhora. Se ele errar e chamá-la pelo seu primeiro nome dê a ele uma surra sexy. Com certeza será um joguinho que vai esquentar o clima.

Cadeira erótica - Coloque-o sentado confortavelmente numa cadeira ou sofá. Lentamente, vá retirando sua calcinha fio dental e use-a para amarrar as mãos do seu companheiro para trás. Em seguida vá fazendo uma dança sexy para ele, que não poderá tocá-la. Isso vai instigá-lo ainda mais.



Fetiche - Vista-se de preto, com botas até o joelho ou aposte numa meia-calça com uma calcinha sexy. Empurre-o contra a parede, puxe o cabelo dele delicadamente e sussurre no ouvido dele: "Você vai fazer tudo o que eu digo esta noite."



Joguinho - Peça ao seu companheiro para prendê-la na cama. Então vá tentando fechar as pernas e resistir aos carinhos do seu gato.



Calcinha - Pegue uma calcinha sexy e faça um furinho na parte de baixo. Quando as coisas começarem a esquentar, leve a mão dele até lá embaixo e deixe-o seguir o caminho do prazer.

Sexo oral - Enquanto seu companheiro estiver deitado vendo televisão, surpreenda-o com um delicioso sexo oral. Fique em silêncio e não lhe diga uma palavra.



Mamilos - Passe seus mamilos suavemente pelo corpo dele. Os dois vão ficar excitados juntos.

Masturbação - Se ofereça para masturbá-lo e peça para ele lhe comandar nesta tarefa.



Dê ordens - Enquanto você estiver fazendo amor com seu gato, diga a ele que só poderá chegar ao orgasmo quando você deixar. Se ele começar a chegar ao clímax, pare e volte a fazer os movimentos bem devagarzinho. Isso vai deixá-lo louco e prolongar o prazer de vocês, deixando o orgasmo mais intenso.









sábado, 28 de abril de 2012

Sexualidade feminina: entenda transformações trazidas pela maturidade


A forma como a mulher lida com a sua sexualidade muda com a maturidade...




Primeiro, elas odeiam os meninos, depois, passam a querer conquistá-los. Aí vem a fase das descobertas, da busca pelo prazer e, finalmente, a maternidade. Com a chegada da menopausa, outra quebra: a mulher passa a ter milhares de questionamentos e, com isso, acaba tendo que reaprender a lidar com sua vida sexual.


Diferentemente dos homens, que não sofrem grandes alterações hormonais ao longo da vida, as mulheres enfrentam mudanças biológicas drásticas com o passar dos anos, o que, fatalmente, impacta sua sexualidade e a forma como lida com o parceiro.



Confira algumas destas transformações e veja também o que os especialistas indicam para que a mulher tenha uma relação saudável com o próprio corpo, em busca do prazer em todas as fases da vida.

Dos 15 a 25 anos: segundo Margareth dos Reis, psicóloga e terapeuta sexual e de casais do instituto H. Ellis, essa é a fase em que a mulher tem mudanças significativas no corpo. "Começa até antes dos 15, quando ela sai de um corpo infantil para um corpo de mulher. É um período de adaptação, que coincide com a fase de descoberta, em que ela vai entender como o corpo responde aos estímulos sexuais."

Ela explica que, como todo início, essa fase é marcada pela adaptação. "Juntos, os parceiros devem buscar como conduzir o outro para terem mais prazer na intimidade", explica.



O sexólogo e ginecologista obstetra do Hospital e maternidade São Luiz, Francisco Carlos Anelo, reforça que essa mudança já começa a partir da primeira menstruação, e lembra que, preferencialmente, a iniciação sexual deve ser marcada pela afetividade. "O mais indicado, neste sentido, é que ela tenha um vínculo com o parceiro, pois isso demonstra respeito pelo próprio corpo."

Ele enfatiza que a mulher que inicia a vida sexual de forma desregrada, corre mais riscos de contrair doenças sexualmente transmissíveis ou engravidar precocemente. Segundo ele, as estatísticas mostram que adolescentes que ficam grávidas cedo tendem a repetir o erro e acabam gerando filhos indesejados.



Dos 25 a 35 anos: de acordo com a observação clínica da terapeuta Margareth, essa é a fase que, de um modo geral, a mulher começa a sentir a necessidade de viver a da maternidade. Além disso, a mulher passa a experimentar novidades em outros aspectos da vida, especialmente no trabalho ou na estrutura familiar - geralmente, quando sai de casa e passa a dividir o teto com outro alguém.

Para Margareth, a palavra de ordem para manter a vida sexual em dia é "administrar o tempo": "ela precisa dar conta de todos os papeis que passa a exercer na vida, e é fundamental que aprenda a preservar um tempo para a intimidade com o parceiro.


Sobre a questão da maternidade, Anelo lembra que o casal pode vivenciar uma redução da atividade sexual em nome das atribuições que um bebê traz à rotina. "O homem tem que entender que, mesmo que a mulher não queira ter relação, ela precisa de carinho, é um momento feliz, pois ela provavelmente está grávida do homem que ama". Ele recomenda que os casais não deixem de namorar nessa fase, ainda que os beijos não evoluam para uma relação sexual, apenas para manter a chama acesa.

Dos 35 a 45 anos: é nessa fase que começa a queda lenta e gradual dos níveis de hormônios sexuais femininos, que culmina com o fim do ciclo menstrual, cessando a capacidade de reprodução. "A partir dos 40 anos, ela já não ovula com intensidade e tem a diminuição dos hormônios, o que faz com ela possa ter uma perda grande da libido", explica Anelo.



As transformações do corpo também começam a ficar mais evidentes: "começam as primeiras rugas, cabelos brancos", lembra Margareth. "Ela tem que aprender a enxergar que isso não tira o seu poder de sedução, que ela pode sim fazer com que seu corpo responda de forma sensual ao seu parceiro", reforça.



A especialista indica também que a mulher busque orientação psicológica para que consiga vencer todos os novos desafios que a idade impõe, atravessando essa fase de mudanças da maneira mais confortável possível.

Dos 45 a 55 anos: o início da menopausa varia muito de mulher para mulher, mas Margareth afirma que o período de maior incidência é entre os 48 e 52 anos. Calores, alterações hormonais e um longo período de questionamento psicológico se iniciam. "Muitas mulheres sofrem, pois relacionam isso à uma perda de um símbolo relacionado ao feminino - a capacidade de se reproduzir, quando na verdade ela pode enxergar isso como uma fase de maior liberdade", observa.



Ela acredita que as mudanças só podem comprometer a sexualidade feminina quando a mulher deixa de buscar orientação, seja de ordem física ou emocional.

Anelo explica que, com a chegada da última menstruação, a mulher sofre um luto, ou seja, uma perda que deve ser trabalhada. "Ela percebe que está envelhecendo", pontua. A dica, neste sentido, é buscar reacender o calor sexual por meio do carinho. "Muitas vezes o casal não tem tempo para se beijar, e, com isso, diminui a freqüência sexual. O toque é importante em qualquer faixa etária, então, o casal tem que tentar resgatar esse vínculo de afetividade."



A partir dos 55 anos: enquanto a menopausa traz certos incômodos no aspecto sexual da mulher, como a perda da lubrificação, dores e desconforto, a maturidade também traz coisas boas. "Com o passar do tempo, a tendência é que a mulher aprenda a chegar à sensação de prazer mais rapidamente", afirma Margareth.

Anelo lembra também que, com o passar dos anos, a mulher passa a ter um entendimento maior do próprio corpo: "o que faz com que ela passe a direcionar o toque e o carinho do parceiro com mais facilidade."



O especialista acredita que a vida sexual pode ser prolongada por muitos anos, contrariando quem acha que sexo é só para os jovens. "A própria mídia reforça este conceito de que a não existe vida sexual na velhice".

Ele afirma que é preciso quebrar este paradigma e partir em busca de hábitos saudáveis em nome de uma sexualidade bem resolvida: redução do tabagismo e do álcool e uma dieta rica em cálcio são alguns dos fatores positivos que influenciam essa meta.



Além disso, as atividades físicas são fundamentais. "A atividade aeróbica, como caminhada e hidroginástica, faz com que a mulher perca massa gorda. Já a anaeróbica a ajuda a ganhar massa muscular e combater a osteoporose."



A ideia é que a mulher mantenha o nível de autoestima elevado, outro fator imprescindível para uma vida sexual saudável. "Para nos relacionarmos, é preciso gostar de nós mesmos. A partir do momento em que a mulher passa a gostar do corpo dela, ela vai entender que tem um poder de sedução e terá vontade de se relacionar independentemente da idade."











sexta-feira, 27 de abril de 2012

Homem gosta de mulher que topa tudo na cama...


Entre quatro paredes vale tudo?





 A resposta dos homens seria sim. A noite perfeita para o universo masculino envolve uma série de itens e o consentimento da companheira em todas as propostas, sejam extravagantes, indecentes ou criativas demais, é um deles.


Segundo a psicóloga e sexóloga Carla Cecarello, "homem gosta de mulher sem frescuras, que topa tudo na cama". O tipo conservador, cheio de "não me toque" e que não gosta de experimentar novas posições foge ao que eles consideram uma boa performance feminina na cama, de acordo com a profissional.



No entanto, a linha de liberalismo é tênue e apesar de eles gostarem que a mulher aceite as sugestões, muitos são avessos à iniciativa. "Tem homem que se assusta se a mulher vai para cima", explica a sexóloga.


Carla diz que a cultura latina caracteriza o homem como o personagem que faz o cortejo e a mulher no papel de quem é conquistada, com traços delicados e sensuais. Segundo a sexóloga, existem casos em que a primeira atitude precisa partir da mulher, mas quando não há necessidade, o homem pode mal julgar o caráter da parceira.



Mas não basta apenas dizer sim a tudo para ganhar o título da melhor relação amorosa da vida dele. A sensualidade é fundamental na sedução do parceiro. Lingerie e um ambiente convidativo, com luz baixa e decoração vermelha, tornam o cenário erótico.


"Uma ideia é usar uma roupa que cubra o corpo, mas passe o sinal de que pode ser tirada", sugere Carla. Segundo ela, lingeries esquentam mais o clima do que o corpo completamente nu. A garota de programa Rafaela Lucci comprova a teoria na prática. Rafaela conta que alguns clientes a procuram sem a intenção de fazer o ato sexual em si. "Eles gostam de strip, que eu dance com uma roupa sensual, sapato de salto alto e maquiagem", detalha.



Durante o sexo, a dica do terapeuta sexual Amaury Mendes Junior é elogiar a performance e o corpo dele.

"É estimulante, o homem se engrandece", de acordo com Mendes Junior. O terapeuta diz que além da relação sexual, duas variações não podem faltar: "o anal e o oral são necessidades unânimes entre os homens". Entre as quatro paredes, a mulher deve se destravar e não ter medo de ousar preocupada com o que ele vai pensar. "O mais importante é a ela enxergar aquele momento como uma busca dela por prazer, não apenas querer satisfazer o homem, mas querer se satisfazer também", explica o terapeuta.



Relação duradoura


Um dos momentos ápices para os homens é quando ele enxerga que está dando prazer à parceira, de acordo com a sexóloga Carla. Entretanto, o episódio se torna cada vez mais raro em um casamento ou em uma relação de longa data. A mulher começa a deixar de se interessar pelo sexo, mas não acontece o mesmo com o homem.



A garota de programa Rafaela diz que são vários os clientes que relatam o problema. "Eles contam que a mulher perdeu a vontade, quando faz é por obrigação e que eles não gostam de ficar toda vez implorando. (...) Eles procuram o sexo fora, mas dizem amar a parceira", diz. Outro problema frequente é a falta do sexo oral no relacionamento: "É o que eles mais pedem e às vezes nem querem mais nada", conta ela.


Amor sem sexo é amizade, portanto é importante ter certeza de qual é a base do relacionamento do casal. Se existe um sentimento além da amizade, o ideal é investir para que as duas pessoas fiquem satisfeitas. A preocupação com a aparência é um dos pontos para evitar o desgaste da relação. "Pode estar casado há dez anos, se a mulher se arruma e coloca lingerie, o homem adora, eles me falam isso", afirma Rafaela.



O conselho da sexóloga Carla Cecarello é que tudo ligado à relação seja feito com vontade e nada por obrigação. A segurança e bom humor também são características fundamentais para um casal saudável, segundo a profissional.











quinta-feira, 26 de abril de 2012

Veja 10 dicas para apimentar a vida na cama...


Invente 'jogos' para fazer na cama...




Uma vida sexual completa e satisfatória está relacionada aos aspectos simples. Se cuidamos do básico como a auto-estima, saúde do corpo, relação aberta com o parceiro, o desejo e o prazer estão garantidos. Ainda mais, se a imaginação der uma pitada de magia no relacionamento.

Por outro lado, são inúmeros os fatores que podem estragar o sexo entre o casal. O estresse diário, rotina de trabalho e problemas para resolver estão entre eles. A revista Máxima, com ajuda da psicóloga e sexóloga Vânia Beliz, fez uma lista com dez passos para turbinar a vida na cama; veja a seguir.

Reencontre-se 
O primeiro passo a dar é estar de bem consigo mesma. É um conceito básico que parece chavão mas que está na essência do relacionamento da mulher com o mundo, com o universo e com os homens. "Antes de estarmos satisfeitas com os outros, temos de estar satisfeitas com nós próprias", disse Vânia Beliz. Isso passa por rever a vida - Como está? Como se sente? - e também por cuidar de si própria, da aparência. "Quando uma mulher abre a sua gaveta de roupa e coloca aquela lingerie especial que a faz sentir-se sensual também vai passar essa imagem para os outros. Tudo o que sentimos em relação a nós passamos para os outros", explicou.


Faça as pazes com o seu corpo
Uma mulher nunca está contente com o que tem. Está muito gorda, ou muito magra, tem as pernas finas, os tornozelos grossos, o peito pequeno ou grande. A lista parece interminável. Existem coisas que podem ser melhoradas com boa alimentação e exercício físico, porém inúmeras dificilmente mudarão sem uma intervenção mais radical. Mas será que isso é mesmo preciso? A maioria dos homens não liga para celulites e estrias. Eles se importam se as mulheres estão cuidadas, felizes e empenhadas na relação.


Descubra os seus mistérios
Explore o seu corpo. Descubra cada recanto sem medo. Aprenda a gostar de si. Trace o seu mapa do prazer. "Os genitais são apenas uma das muitas paragens obrigatórias neste mapeamento", escreveu a sexóloga em seu livro. Orelhas, nuca, palma das mãos, barriga, parte interna das coxas são algumas das zonas a explorar, segundo conselho da especialista.


Reconquiste o seu espaço
Está no auge da sua carreira profissional ou procurando trabalho? Aprenda a preservar o seu espaço. "Há muitas mulheres a quem a vida afetiva e sexual são arrastadas pelos problemas que levam do trabalho para casa. Muitas não se conseguem separar. É difícil, mas é importante fazer este esforço", alertou Vânia Beliz.


Pense em sexo
"O desejo nas mulheres é muito mais difícil de surgir. É uma coisa que temos de ir conquistando. Temos de sugestionar o nosso cérebro ao desejo, disse Vânia Beliz. Existem mulheres mais sensíveis do que outras. Mas os especialistas são unânimes: elas precisam pensar em sexo. "Podemos até não estar com vontade, mas devemos nos permitir pensar sobre o assunto, experimentar umas festinhas ou uma aproximação", incentivou Vânia. "Mesmo sem parceiro, as mulheres devem se estimular para o sexo. Falo da auto-estimulação, que ainda é um tema difícil de abordar no feminino. É muito raro uma mulher dizer que se masturba. Mas deve fazer isso, sem medo", completou.


Não deixe para amanhã
É importante saber que nem sempre é preciso correr toda a maratona. Uma bela caminhada pode ser igualmente gratificante. Ou seja, "as mulheres às vezes estão cansadas. É essencial fazerem os homens perceberem que elas podem não estar disponíveis para o 'evento' completo, mas estão para outras coisas mais simples", disse a sexóloga. Às vezes o casal pode aproveitar as preliminares para chegar ao prazer.


Tire as roupas
"Durma sem roupas", aconselhou a sexóloga. Aninhe-se no seu parceiro e não deixem de tomar banho juntos. Esqueça as pantufas e os pijamas grandalhões, desligue a televisão, surpreenda o seu parceiro e a si mesma, disse ela.


Jogos criativos
Use a imaginação e descubra jogos que possam proporcionar momentos íntimos. Antes de irem para a cama, esconda debaixo da almofada dele algum objecto que indique que hoje você quer algo mais. Peça que ele diga, de olhos fechados, onde gostaria que o explorasse ou massageasse. Use brinquedos e peças de roupa para explorarem a dois.


Novas tecnologias
As novas tecnologias têm sido apontadas como elementos desestabilizadores de muitas relações. Celulares, tablets, computadores, redes sociais roubam o tempo do casal, podem ser fontes de ciúmes ou exporem os parceiros quando estes não querem. Mas, podem também ajudar. Se a mulher não tem coragem de sussurrar coisas atrevidas ao parceiro pode dizer por SMS ou e-mail particular dele.


E se o mundo terminasse em 30 minutos?
Como dito acima, nada deve ser dado como ganho. A mulher deve cativar o parceiro em um processo contínuo, todos os dias. É claro que isso também falta aos homens. Mas alguém tem que dar o primeiro passo. É importante não deixar que a cumplicidade e os momentos agradáveis que o casal partilha se percam com a rotina.










Nossas Fantasias e Desejos...

Continue deliciando-se com nossas Fantasias e Desejos, clique no banner abaixo:


Desejos e Fantasias de Casal